Governança Institucional

Esta página destina-se à inserção de informações específicas da Diretoria de Governança Institucional relacionadas à sua área de atuação, tais como estrutura de governança, políticas, comitês, comissões, grupos de trabalho, levantamentos de governança e gestão, dentre outros.

Levantamento de Governança e Gestão Pública



Na avaliação das práticas de governança realizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), em 2018, publicada por aquele órgão nos documentos intitulados PerfilGov2018 – Acórdão 2699/2018-TCU-Plenário e Levantamento de Governança e Gestão Públicas 2018 – UFV, a Universidade Federal de Viçosa obteve pontuação igual a 0,3791 (aproximadamente 38%) no Índice Integrado de Governança e Gestão Públicas (iGG), o qual é composto pela média dos resultados obtidos nos índices abaixo:

Resumo da autoavaliação da organização – iGG 2018
IndicadorValor*
iGovPub (Índice de Governança Pública)44%
iGovPessoas (Índice de Governança e Gestão de Pessoas)35%
iGestPessoas (Índice de Capacidade em Gestão de Pessoas)22%
iGovTI (Índice de Governança e Gestão de TI) 39%
iGestTI (Índice de Capacidade em Gestão de TI)46%
iGovContrat (Índice de Governança e Gestão de Contratações)36%
iGestContrat (Índice de Capacidade em Gestão de Contratações)40%
iGG (Índice Integrado de Governança e Gestão Públicas)38%
* Valores arredondados

Fonte: Tribunal de Contas da União

Considerando a imprescindível necessidade de aperfeiçoar o desempenho organizacional e, consequentemente, promover as ações necessárias para o aumento de seus índices de governança, a Instituição vem adotando uma série de iniciativas. Nesse contexto, foram implementados o Comitê de Segurança da Informação e da Política de Segurança da Informação, realizado monitoramento do Plano de Gestão de Integridade, identificados os riscos mais relevantes aos macroprocessos institucionais e produção de sua Matriz de Riscos Mais Relevantes, implementadas ações voltadas à Transparência Ativa, dentre outras ações iniciadas pela Diretoria de Governança Institucional voltadas à governança.

Em 2020 o Tribunal de Contas da União (TCU) não realizou o ciclo regular de avaliação dos Índices Gerais de Governança (iGG) nos moldes aplicados nos levantamentos de 2017 e 2018, como estava previsto anteriormente, devido aos reflexos da pandemia do novo coronavírus.



O TCU disponibilizou, na guia Governança Pública em seu sítio eletrônico e em 2021, a autoavaliação para apuração do IGG que foi realizada na UFV sob a coordenação da DGI.

Alerta-se que os resultados oficiais disponibilizados pelo Acórdão 2.699/2018/TCU-Plenário, serviram como instrumento norteador para a implementação das ações necessárias para adequações institucionais, visando garantir a melhoria dos serviços públicos prestados, e, por consequência, dos resultados dos índices gerais em governança em todas as áreas de alcance do iGG. Assim, houve a possibilidade de realizar comparativo entre os últimos resultados obtidos em 2018 e o atual cenário apresentado na instituição, indicando se as medidas adotadas em 2020 foram ou estão sendo suficientes para o alcance dos objetivos institucionais, subsidiando a tomada de decisões antes mesmo da aplicação do ciclo regular pelo TCU em 2021.Ressalta-se, ainda, que a aplicação dos questionários de autoavaliação institucional para obtenção do iGG apresentaram uma aproximação dos resultados que seriam obtidos pela sua aplicação pelo TCU, dada a natureza do método estatístico de construção e validação da adequação do questionário para apuração e cálculo dos índices (Método de Análise dos Componentes Principais – ACP) e a comparação entre os resultados obtidos no levantamento 2018 e a autoavaliação ser possível, dada a compatibilidade dos instrumentos de aferição e da metodologia estatística apresentadas.

No primeiro semestre de 2021, a DGI coordenou as ações de resposta ao Questionário de Autoavaliação em Governança para apuração do Índice de Governança e Gestão (IGG). Os trabalhos foram realizados em parcerias com órgãos responsáveis pelas áreas de negócio identificadas no questionário: Pró-Reitoria de Planejamento e Orçamento (PPO); Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PGP); Diretoria Financeira (DFN); Diretoria de Material (DMT); Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI); Reitoria; Auditoria Interna; além da própria DGI.Como resultado das ações implementadas, foram identificadas necessidades de construção de grupos de trabalho, comissões, melhorias de processos, dentre outras ações, que vão subsidiar a gestão e governança institucional. Destacam-se, entre os produtos já entregues no primeiro semestre de 2021, a Política de Gestão de Riscos e Controles Internos (PGRC), a Política de Governança em Aquisições e Contratações (PGAC), o Código de Conduta da Alta Administração da UFV,  que são instrumentos balizadores, em conjunto com outros instrumentos normativos, das ações de transparência ativa e passiva.

Clique no link abaixo para maiores informações:

O resultado do levantamento integrado de Governança Organizacional Pública em 2018, presente no teor do Acórdão n° 2.699/2018,  que é o prosseguimento da fiscalização pelo TCU nos órgãos públicos julgado no Acórdão n° 588/2018-TCU-Plenário, tem se tornado o balizador das ações, visando, além do cumprimento das questões legais, a constante melhoria do serviço público prestado pela UFV.

Esperava-se uma evolução sobre o resultado do IGG da UFV em relação ao último diagnóstico, realizado em 2018, no qual a UFV obteve o IGG classificado como estágio inicial (0,39), passando, em 2021, para o nível aprimorado (acima de 0,70), dadas as evidências construídas em governança institucional.

Com as ações implementadas para o aprimoramento da governança institucional, a UFV saltou da 283ª para a 8ª posição no índice de governança e gestão elaborado pelo Tribunal de Contas da União. O índice de governança obtido em 2021 (0,88) indica melhoria significativa em todos os aspectos avaliados e a classificação no nível aprimorado de governança e  gestão públicas: Liderança, Estratégia, Accountability, Gestão de Pessoas, Gestão de Tecnologia da Informação e Gestão de Contratações.

O resultado do trabalho realizado pelas equipes sob coordenação da DGI pode ser consultado no Levantamento de Governança e Gestão Públicas (Acórdão 2164/2021-TCU-Plenário) e outros documentos subsidiários elaborados pelo TCU e disponíveis no Item 2 do Perfil Integrado de Governança Organizacional e Gestão Públicas – iGG 2021. Abaixo, apresentamos quadro resumo comparativo entre os resultados do IGG em 2018 e 2021:

A representação gráfica dos resultados gerais do IGG 2021 pode ser verifica no gráfico abaixo:

O Relatório Individual de Autoavaliação (IGG-2021) pode ser acessado clicando no Levantamento de Governança e Gestão Públicas.

Subsidiariamente, os dados evidenciados na construção do levantamento do Perfil Integrado de Governança Organizacional e Gestão Públicas – iGG 2021, cujo questionário de autoavaliação da governança institucional da UFV foi encaminhado ao Tribunal de Contas da União em 18/06/2021, servirá também, após a análise e tratamento realizados pelo órgão de controle externo, como instrumento de direcionamento das ações de acompanhamento do desempenho institucional e da alta administração, dado que, sua estrutura composta pelos eixos Liderança, Estratégia, Controle, Gestão de Pessoas, Gestão de Tecnologia da Informação, Gestão de Contratações e Gestão Orçamentária, aborda toda a estrutura organizacional.

A Diretoria de Governança Institucional encontra-se em fase de elaboração dos relatórios/diagnósticos individualizados por eixo temático de forma à apresentar subsídios à administração na indução dos aperfeiçoamentos na governança institucional da UFV, com previsão de conclusão no primeiro semestre de 2022.

Gestão de Riscos

Para acesso às informações sobre Gestão de Riscos na UFV, tais como, políticas, comitês, comissões, grupos de trabalho, mapeamento de processos, matriz de riscos, etc, acesse a página da Gestão de Riscos

Gestão da Integridade

Para acesso às informações sobre Gestão da Integridade na UFV, tais como, Plano de Integridade, Comissão de Ética, comitês, comissões, grupos de trabalho, mapeamento, matriz de riscos de integridade, etc, acesse a página da Integridade e Gestão de Riscos.